Inep anuncia abstenção acima de 50% e diz que vai averiguar casos de alunos barrados

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, afirmou neste domingo (17) que a realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 em meio à pandemia foi "algo vitorioso". O índice de abstenção ficou em 51,5%.

 

Embora seja preliminar, o número já indica o maior percentual de abstenção em toda a história do Enem. O maior índice havia sido registrado em 2009, com 37,7%. Em 2019, o índice do primeiro dia ficou próximo a 23%, segundo o ministro.

 

O presidente do Inep, Alexandre Lopes, ressaltou que a aplicação foi "tranquila do ponto de vista da saúde sanitária."

 

Questionado sobre os candidatos barrados nas salas de prova porque estavam com lotação acima de 50%, o presidente do Inep afirmou que os casos ocorreram em 11 dos mais de 14.447 locais de prova.

 

Ele citou cidades que tiveram visitas de agentes da vigilância e do Ministério Público, e afirmou que em nenhum caso houve interdição por motivos de saúde.

 

"Tivemos 11 locais de prova com aparentemente alguma dificuldade de os alunos poderem realizar a prova", afirmou Lopes.

 

Ele afirmou que os casos serão averiguados, e que há divergências entre o que foi noticiado e o que está registrado na ata das salas de prova.

 

"Qualquer participante que se sentiu prejudicado, a partir de 25 de janeiro, como está previsto no edital, poderá pedir a reaplicação nos dias 23 e 24 de fevereiro", afirmou Lopes. Ele ressaltou que a reaplicação é uma característica do Enem que prevê casos de problemas de logística e, neste ano, doenças infectocontagiosas.

 

O estado do Amazonas e duas cidades de Rondônia suspenderam a prova devido à pandemia. O índice de abstenção já exclui os dados de participantes destes locais.

 

Para o ministro da Educação, o alto índice de abstenção ocorreu "em parte pela dureza e questão do medo da contaminação", mas também devido a "um trabalho de mídia contrário ao Enem muito grande, isso é fato."

G1

-

Policial

Polícia Militar apreende dois revólveres com dupla em moto durante abordagem na cidade de Sousa

Policial

CRUELDADE! Bandidos invadem casa, manda criança sair e executa casal a tiros na noite desta sexta-feira
© 2021. Catolé News. Todos os direitos reservados