Bolsonaro sobre prisão de Milton Ribeiro: "Que ele responda pelos atos dele"

O presidente Jair Bolsonaro(PL) voltou a dizer que não tem controle sobre corrupção nos ministérios ao falar sobre a prisão do ex-ministro da Educação Milton Ribeiro, ocorrida na manhã desta quarta-feira (22/6). O pastor evangélico foi detido hoje em Santos (SP) no âmbito de uma operação da Polícia Federal (PF) que mira desvios no Ministério da Educação.

“O caso do Milton, pelo que eu estou sabendo, é aquela questão que ele estava, estaria com a conversa meio informal demais com algumas pessoas de confiança dele. E daí houve denúncia que ele teria buscado prefeito, gente dele para negociar, para liberar recurso, isso e aquilo. E o que aconteceu? Nós afastamos ele. Se tem prisão, é Polícia Federal. É sinal de que a Polícia Federal está agindo”, afirmou Bolsonaro, em entrevista à rádio Itatiaia.

Diferentemente do que Bolsonaro afirmou, contudo, o governo resistiu em afastar Milton Ribeiro após o escândalo vir à tona. O ex-ministro acabou exonerado "a pedido" dele próprio.

Correio Braziliense

-

Catolé e Região

Catoleense Aldeni Monteiro Diniz, proprietário das Óticas Diniz de Maceió morre de infarto nesta segunda

Esportes

Sampaio Corrêa vence o CSA por 2 a 0 no Castelão e sobe para 9ª posição na Tabela da Série[...]
© 2022. Catolé News. Todos os direitos reservados