Dois morrem e três são presos durante operação contra quadrilha suspeita de roubo a bancos

Dois homens – identificados como Anderson Marinho Gomes e José Cláudio – morreram e mais três foram presos suspeitos de integrarem uma quadrilha de roubo a banco durante uma operação realizada na cidade de Água Branca, localizada no Sertão de Alagoas. Os suspeitos detidos foram identificados como Ivo Marcelino Alves dos Santos, Divo da Cruz Santos, Aldean Oliveira Santos.

A operação foi comandada pelo delegado Mário Jorge, da Divisão Especial de Investigações e Capturas (Deic), pelo delegado regional de Delmiro Gouveia, Rodrigo Cavalcante, e pelo comandante do 9° Batalhão da Polícia Militar major Anaximandro.

Com a quadrilha foi apreendida uma grande quantidade de munições, três fuzis 556, um fuzil 762, espingardas calibre 12 e uma grande quantidade de explosivos.

Todos eles estão envolvidos com o assalto a banco realizado no município de Piranhas e também possuem participação na ação criminosa contra um carro forte, em Inhapi.

Participaram da operação também equipes da Polícia Civil de Pernambuco, Polícia Militar de Alagoas, Deic, do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime OrganIzado (Gaeco), ex-Gecoc, do Ministério Público do Estado, e da Polícia Federal.

O trabalho ainda contou com uma grande troca de informações primordiais das Polícias Civil e Militar de Alagoas, Pernambuco, Bahia e do Piauí.