Sobe para 168 o número de pessoas detidas por envolvimento em ataques no Ceará

Aumentou para 168 o número de pessoas presas e apreendidas por suspeita de envolvimento na onda de ataques que assola o Ceará. Destes, 20 autuações foram feitas nas últimas horas desta terça-feira, 8. Os dados foram divulgados pelo governador Camilo Santana (PT) na manhã desta terça-feira.

Conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), dos detidos, 143 são adultos e 25 adolescentes. A Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) segue investigando os casos.

O chefe do Executivo Estadual anunciou que o policiamente na Capital e no Interior está cada vez mais reforçado com o "apoio das tropas federais e estados parceiros". Camilo afirma também que já determinou que a cúpula da segurança da segurança pública empregue "todos os esforços necessários".

"Lideranças criminosas estão sendo identificadas e as transferências para presídios federais estão em curso. Não haverá tolerância contra o crime", frisa o governador.

Onda de violência promovida por organizações criminosas chega ao sétimo dia em todo o Ceará nesta terça-feira.

PRÓXIMO DOMINGO (13), FINALMENTE O JOGO DO TIRA-TEIMA

O POVO

-

CNEWS TV

Sem andar, gigante Ninão clama por ajuda: “Precisamos até de comida”

CNEWS TV

Polícia apreende explosivos e prende suspeitos de roubos e furtos em Campina Grande
© 2019. Catolé News. Todos os direitos reservados