Triplex que mandou Lula para a cadeia da Lava Jato é arrematado por R$ 2,2 mi

O imóvel pivô da condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na Operação Lava Jato tem um novo dono. Nesta terça-feira, 15, foi encerrado o leilão, do triplex 164-A, no condomínio Solaris. O apartamento foi arrematado pelo valor mínimo estipulado no edital, de R$ 2,2 milhões. O lance vencedor foi o único a ser oficializado.

A página do leilão atingiu 54.900 visitantes. O nome do comprador não foi revelado. O nome de usuário utilizado pelo arrematante é Garujapar e consta em seu cadastro no site responsável pela concorrência que ele é de Brasília.

O apartamento e suas reformas, supostamente custeadas pela OAS, foram apontadas pelo juiz Sérgio Moro e pelos desembargadores do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4) como propinas de R$ 2,2 milhões da empreiteira ao ex-presidente.

-

Sertão

Homem morre e mulher é baleada em tiroteio em posto de combustíveis na manhã deste domingo

Catolé e Região

João Azevêdo se reúne em São Bento com jovens e lideranças de 10 cidades da região
© 2018. Catolé News. Todos os direitos reservados