Líder de organização criminosa morre nesta quinta em ação de forças de segurança em Pombal (PB)

Uma ação integrada entre as polícias Civil, Militar e o Corpo de Bombeiros, culminou com o cumprimento de um mandado de prisão e na morte de Raimundo Nonato da Costa, mais conhecido por “Nonato Correia”, que tinha 57 anos, líder de uma organização criminosa responsável por comandar assaltos a bancos e a carros-forte, homicídios e o tráfico de drogas no Sertão e Cariri paraibano.

A ação que foi coordenada pelos delegados Cristiano Jacques e Diego Beltrão e pelos Coronéis Campos e Saulo, ocorreu na manhã e tarde desta quinta-feira (12), na zona rural de Pombal, após um trabalho investigativo da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (DRACO), que localizou a casa em que se encontrava os dois foragidos da justiça.

Durante a operação, os criminosos foragiram para a vegetação da caatinga, sendo feito um cerco pelos policiais, que em um confronto balearam Raimundo Nonato com tiros de arma de fogo. Ele foi socorrido ao Hospital Regional de Pombal, para receber os cuidados médicos, porém não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

O seu comparsa, que teve o seu nome revelado, se entregou e foi conduzido à delegacia de Polícia Civil, para serem adotadas as providências que a Lei determina. Drogas, armas, munições e rádios comunicadores foram apreendidos na ação.

-

Policial

Homem é preso pela Polícia Civil na tarde desta quarta-feira (27) no momento em que vendia carro roubado

Policial

Mulher morre atropelada por caminhonete ao tentar atravessar rodovia na BR-230, na tarde desta quarta
© 2021. Catolé News. Todos os direitos reservados