UEPB de Catolé do Rocha aciona polícia após ameaça de 'massacre' circular em grupos de WhatsApp

A administração da Escola Agrotécnica do Cajueiro (EAC), do Campus IV da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Catolé do Rocha, acionou a Polícia Militar após circular nos grupos paralelos de WhatsApp dos alunos da Escola, uma mensagem alertado sobre a realização de um "massacre" no local nesta segunda-feira (11).

 

De acordo com a mensagem, a cantina, as salas de aula e a secretaria da escola seriam alvo da ação de um atirador.

 

Foi registrado um boletim de ocorrência pela instituição e a polícia encaminhou equipe até o local, além da segurança interna ter sido reforçada. Todas as atividades administrativas foram mantidas e até o momento nenhuma ameaça real foi detectada, o que leva a crer que a ameaça tenha sido uma brincadeira de mau gosto.