Ladeado por familiares e colegas vereadores, Avany de Sousa encerra atividades legislativas do ano e se despede da política

O presidente da Câmara Municipal de Riacho dos Cavalos (PB), Avany José de Sousa comandou a última sessão da Casa sob sua presidência, no encerramento do segundo biênio legislativo (2019/2020). Como não foi candidato nas últimas eleições, esta foi a última reunião na condição de vereador, já que o decano aproveitou para se despedir da vida pública. Foram marcas históricas, recordes e uma vida pautada por desafios, assim Avany José de Sousa, encerra sua história na política riachoense, deixando um legado e números difíceis de serem batidos.

 

Avany de Sousa iniciou sua trajetória na política no ano de 1966 quando disputou sua primeira eleição e conseguiu ser eleito vereador com expressiva votação. De lá para cá, foram 54 anos de luta e trabalho pautador pela austeridade e zelo para com o bem público.

 

Os números de Seu Avany na política impressionam: 01 mandato de prefeito (1973-1976), seis mandatos de vereador (1966, 68, 2000, 2008, 2012 e 2016), e seis vezes eleito presidente da Câmara Municipal, sendo cinco delas consecutivas (71/72 – 2009/2010 – 2013-2014 – 2015/2016 – 2017/2018 e 2019/2020).

 

Os números não param por aí, pois quando não disputava nenhum Cargo, seja eletivo ou executivo, Avany de Sousa foi também vitorioso em várias de suas indicações, a exemplo de sua esposa Maria Diva de Oliveira que foi eleita duas vezes vice-prefeita nos mandatos (1983/1988 com Raimundo Rosendo prefeito, e 1997/2000 com Dr. Napu prefeito. Avany também apoiou seu sogro, Manoel Adonias de Oliveira (PAI NÉ), como candidato a uma vaga na Câmara, tendo sido eleito, para o mandato que transcorreu nos anos de 1983-1988, e inclusive nesse período conseguiu eleger Né Marinheiro presidente da casa para um mandato de dois anos. Nas eleições deste ano (2020), Avany de Sousa cedeu a vaga para o seu afilhado político, Zé Dantas, que com o apoio irrestrito do decano, foi eleito para o seu primeiro mandato.

 

 

Prestigiou a última Sessão Legislativa do ano os vereadores, Pedrinho da Barra, Bernadete Barbosa, Cláudio Suassuna, Gildásio da Silva, Alian Suassuna, que aproveitaram o ensejo para parabenizar o mais longínquo presidente da Casa de Jandui Suassuna, e também prestaram as honras merecidas a Avany José de Sousa.

 

Ladeado também por familiares e amigos, Seu Avany não conteve a emoção, da despedida, principalmente quando do discurso proferido pelo filho Roberto Martins, que usou a tribuna da casa para prestar uma homenagem ao pai, narrando a release dos 54 anos de vida pública daquele que entra para os anais da política riachoense com retidão de caráter e honradez.

 

 

Veja a íntegra do discurso de Roberto da Sessão desta terça-feira (15)

 

Senhor presidente da casa, grande homenageado desta sessão, digníssimos vereadores e vereadora, autoridades aqui presentes, servidores desta casa, demais pessoas que aqui se fazem presentes, meus Senhores e Minhas Senhoras.

 

Hoje nós estamos vivenciando um dia histórico na política deste município, não somente pela conclusão de mais um quatriênio legislativo, ou por tantas outras congratulações que possam surgir nesta sessão, mas também não poderia deixar de agradecer a Deus por ter nos permitido estar aqui, e estando aqui poder viver esse momento magnífico, único e irrepetível, pois neste dia 15, nesta sessão derradeira de um ano que por se só já vai ficar inesquecível na memória de todos nós, mas também vai marcar a conclusão de uma caminhada, longa, cheia de adversidades, desafios e persistência, mas também prazerosa pelo amor a causa pública, e pelo dever de missão cumprida. Por tudo isso, quero aqui pedir licença, para na qualidade de filho prestar essa homenagem de forma simples, mas em nome de toda a nossa família, e por todos aqueles amigos de longa caminhada, cheia de saudade e das emoções que nos toma nesse instante. Refiro-me e me reporto ao meu pai, Avany de Sousa, um homem predestinado por Deus, e que de simples vereador, foi um longínquo presidente desta egrégia casa, foi prefeito, indicou vices, outros presidentes, mas acima de tudo, é chegado o momento da despedida, com a certeza da missão cumprida, pautada por uma trajetória ilibada, pela sua honestidade, honradez e austeridade para com o bem público.

 

Avany José de Sousa nasceu no dia 28 de maio de 1942, no Sítio Vertentes, zona rural leste de Riacho dos Cavalos ((PB). Filho do casal Francisco José de Sousa (CIÇO DE SOUSA) e Regina Maria da Conceição (o casal In Memorian).

 

Em 1966, aos 24 anos Avany de Sousa decidiu enveredar na política, sendo candidato a vereador pela primeira vez, e eleito pela ARENA (Aliança Renovadora Nacional). Nas eleições municipais de 1968, foi reeleito vereador, e conseguiu chegar a sua primeira presidência do legislativo no Biênio 1971/1972, o que lhe credenciou a ser candidato a prefeito, saindo do pleito daquele ano vitorioso, para governar sua terra natal, no mandato de 1973-1976.

 

No ano de 1982 Avany resolveu indicar a sua esposa, Maria Diva de Oliveira Sousa, para compor a chapa majoritária ao lado do então candidato Raimundo Vieira da Costa (Raimundo Rosendo), sendo eleitos por ampla maioria de votos. Nesta mesma eleição ele apresentou também o sogro, Manoel Adonias de Oliveira (PAI NÉ), como candidato a uma vaga na Câmara, tendo sido eleito, para o mandato que transcorreu nos anos de 1983-1988, e inclusive nesse período conseguiu eleger Né Marinheiro presidente da casa para um mandato de dois anos.

 

Quando parecia que Avany tinha abdicado a disputa por cargos públicos, em 1992 volta à cena, com a indicação de sua esposa, Maria Diva a condução de candidata a vice-prefeita na chapa encabeçada pelo Médico Napoleão Suassuna Laureano (Dr. Napu). A eleição de 1992 foi bastante acirrada, mas a chapa apoiada por Avany não conseguiram vencer o pleito.

 

Nos quatro anos seguintes, Avany de Sousa manteve-se aliado do médico Napoleão Suassuna, e através de uma boa articulação política no município, conseguiu manter o nome da esposa na chapa de Dr. Napu. A chapa majoritária NAPU – DIVA venceu as eleições de 1996, e diva voltava a Prefeitura de Riacho para mais um mandato de vice-prefeita.

 

Em 2000 Avany José de Sousa, volta à política de fato e de direito para disputar uma vaga no legislativo, tendo sido eleito para mais um mandato.

 

Em 2008, ele tem mais uma vitoria como vereador, pela coligação do PMDB e outros partidos, sendo ainda eleito como presidente da Câmara nos últimos dois anos deste mandato.

 

Em 2012, Avany é reeleito vereador e, também, presidente da Câmara na primeira eleição da presidência (BIÊNIO 2013/2014) e, ainda, no dia 1º de janeiro de 2015, Avany é mais uma vez reeleito Presidente da Câmara de Vereadores, para o biênio 2015/2016.

 

Em 2016, aos 74 anos de idade, Avany de Sousa consegue mais uma vitória nas eleições municipais, sendo reeleito vereador para o mandato de 2017 a 2020, inclusive sendo também reeleito para presidir a Câmara no BIÊNIO 2017/2018.

 

Em 02 de maio de 2017, as eleições para a escolha da nova Mesa Diretora foi antecipada, e Avany José de Sousa conseguiu a façanha de se reeleger pela quinta vez consecutiva presidente do legislativo (BIÊNIO 2019/2020). Desta forma, com a posse ocorrida nesta terça (01), Avany seguirá no comando da Câmara Municipal de Riacho dos Cavalos (PB), pelo menos até 31 de dezembro de 2020.

 

Quero também de forma efusiva, enaltecer este homem que dedicou a maior parte de sua vida para cuidar de duas paixões que carregou consigo por esses longos anos, a família e a política.

 

Agradeço a Deus pela dádiva da vida, aos amigos, companheiros de jornada, e aos nossos familiares que souberam valorizar a paciência, o discernimento e estiveram sempre ao lado do meu pai, seja nas alegrias ou nas tristezas, pois a vida não é somente feita de vitórias, afinal as adversidades, pedras no caminho e outros percalços, são provas que testam a bravura e a altivez de um homem.

 

O brigado Riacho dos Cavalos, gratidão ao povo querido dessa terra, Obrigado Deus, e vida longa ao meu pai.

 

 

 

CATOLÉ NEWS / Por Humberto Vital

-

Policial

Homem é executado com quase sete tiros durante caminhada na noite deste sábado (23) - VEJA O VÍDEO

Policial

Polícia investiga tiroteio com dois baleados em mercadinho de João Pessoa
© 2021. Catolé News. Todos os direitos reservados