Polícia Civil de Catolé prende suspeito de participação de explosões a bancos e carros fortes na PB

A Polícia Civil de Catolé do Rocha, Sertão da Paraíba, prendeu na noite desta quarta-feira (06 de novembro), um homem identificado por Francisco Aécio de Sousa, 29 anos, acusado de envolvimento com explosões a bancos, Presídio PB1 e carros fortes, em todo o Estado da Paraíba, principalmente o Carro forte explodido no município de Lagoa (PB), no mês de julho passado, na região de Catolé do Rocha, e mais três instituições bancárias na mesma região, fatos investigados pela Polícia Civil do Sertão, inclusive em complementação a Operação LADINOS, desencadeada pelas policias estaduais e investigada pelos Policiais Civis de Patos e Catolé.

Policiais Civis de Catolé já vinham no encalço do mesmo há dias, e com um mandado de prisão em aberto, por explosões a instituições financeiras. Também foi autuado em flagrante por estar com um veículo roubado e outro que pertence a um preso do presídio PB1 e com restrição. Os carros são, um Logan e um FIAT UNO, certamente utilizado para fazer levantamentos, e o Logan pra ser utilizado nas ações.

O mesmo se encontra na 18ª delegacia de Polícia Civil Catolé do Rocha, aguardando recolhimento a uma Unidade Prisional do Estado da Paraíba.

Segundo a Polícia Civil, as prisões são de suma importância pra diminuir os crimes na região. Várias operações já foram desencadeadas em Catolé do Rocha e região.

Os crimes contra instituições financeiras são investigados pela Delegacia Especial de Roubos a Bancos de Patos com apoio das Seccionais.

POR ASCOM | 18ª DELEGACIA SECCIONAL DE CATOLE DO ROCHA – Delegado Dr. Sylvio Rabello

 

-

Esportes

Athletico/PR vence o Botafogo na baixada e complica o glorioso na tabela

Esportes

Corinthians e Inter empatam sem gols, na Arena Corinthians, pelo Brasileirão
© 2019. Catolé News. Todos os direitos reservados