Elemento que matou o primo em 2019 a pedradas é morto na tarde desta sexta-feira ao deixar a cadeia

A Polícia Militar foi acionada para comparecer final da tarde desta sexta-feira (19 de fevereiro), no sítio Carretão, em Poço de Jose de Moura, no Alto Sertão da Paraíba, onde populares encontraram o corpo do elemento, Edcarlos Ursulino Pereira, vulgo Lalau de 34 anos já sem vida.

O corpo apresentava perfurações de faca e pedra,  e segundo informações, Edcarlos Ursulino Pereira vulgo Lalau de 34 anos matou o próprio primo André Luiz Batista de Sousa de 22 anos com pedradas no mês de setembro de 2019, caso que revoltou toda região na época.

Lalau deixou a cadeia de São João do Rio do Peixe por volta de meio dia sendo encontrado já sem vida no final da tarde. O local foi isolado para a realização da Perícia e logo em seguida foi levado ao IML de Cajazeiras.

 

André Luiz (foi morto covardemente em setembro de 2019)

 

Ângelo Lima

-

CNEWS TV

Jovem de 19 anos é encontrado morto em casa na cidade de Pombal No final da noite desta sexta-feira

Brasil

Aneel mantém tarifa de bandeira amarela na conta de energia para março
© 2021. Catolé News. Todos os direitos reservados