Vinícius Tanque entra no 2º tempo, marca aos 50 minutos e dá vitória ao Botafogo

Botafogo e Chapecoense ficaram devendo futebol, mas o torcedor presente no Nilton Santos fez festa já no apagar das luzes. Aos 50 minutos da segunda etapa, Vinicius Tanque, de cabeça, balançou a rede, virou o jogo e garantiu os três pontos para a equipe de Jair Ventura. Apodi e Brenner, também em jogada aérea, deixaram suas marcas.

Vinícius Tanque não entrava em campo desde o 0 a 0 contra o Cruzeiro, dia 6 de agosto. Porém, veio do banco nesta quarta-feira para fazer a alegria da torcida do Botafogo. O garoto de 22 anos entrou aos 33 minutos, na vaga de Brenner - autor do primeiro gol - e provou ter estrela. No último lance da partida, aos 50 minutos, completou de cabeça o cruzamento de Pimpão e deu a virada ao Glorioso diante da Chape. Foi o segundo dele no Brasileirão!

Se o jogo ganhou emoção no fim, ficou devendo qualidade durante os quase 100 minutos de bola rolando. Foram raras as chances de gol. A bola ficou 45 minutos parada (46% do tempo), isso pelo excesso de faltas (30) e passes errados (60). O jeito foi levantar a bola na área - três delas pararam no gol, com Apodi, Brenner e Vinicius Tanque.

A Chape não perdia há três jogos. E, por um tempo, segurou o Botafogo no Nilton Santos, mas teve dificuldade na criação. A única chance foi aproveitada por Apodi, de cabeça, nas costas de Victor Luis. A equipe de Santa Catarina tentou fechar a marcação, mas acabou cedendo a vitória ao Botafogo no fim - foi a 13ª derrota da Chape no Brasileirão.