Etíope e queniana são campeões da São Silvestre; Daniel Nascimento fica em 2º

Ainda não foi dessa vez que o Brasil quebrou o jejum de 11 anos sem vitórias na corrida de São Silvestre. O brasileiro Daniel Nascimento, que se preparou no Quênia para a temporada de 2021, disputou a liderança até o final, mas não conseguiu ficar em 1º lugar. A vitória ficou com o etíope Belay Tilahun Bezabeh, que fez o tempo de 44min55s e conquistou o bicampeonato. Em 2018, ele já havia vencido em 1º. Daniel finalizou a corrida em 2º lugar, com o tempo de 45min08s.

Já no feminino, a queniana Sandrafelis Cheber, que já era favorita, venceu a prova. Chebet e a etíope Yenenesh Dinkesa, que conquistou o 2º lugar, dispararam na ponta num ritmo muito forte. A brasileira Luisa Duarte as acompanhou nos dois primeiros quilômetros, mas as africanas apertaram o passo e se isolaram cada vez mais. As brasileiras Jennifer do Nascimento (51s32), Valdilene dos Santos e Franciane Moura completaram o pódio.

 

-

CNEWS TV

Popular agride companheira depois de uma tentativa frustrada de reatar relacionamento

CNEWS TV

Homem morre após colisão frontal entre carro e caminhão na BR-230, ena manhã desta terça (25)
© 2022. Catolé News. Todos os direitos reservados