Botafogo faz protestos e goleia Cabofriense no Estádio Nilton Santos na volta ao futebol

Ser Botafogo é orgulho! Pelos protestos contra o racismo, pela homenagem aos profissionais da linha de frente contra a Covid-19 e pelo resultado dentro de campo. O Glorioso goleou a Cabofriense por 6 a 2, neste domingo, no Estádio Nilton Santos, e chegou a 7 pontos na Taça Rio. Os gols foram de Pedro Raul (2), Cícero, Bruno Nazário, Luis Henrique e Caio Alexandre.

O próximo jogo é contra a Portuguesa, no Estádio Luso-Brasileiro.

O JOGO

 

O Botafogo começou a construir a vitória logo aos 2 minutos de partida. Luis Henrique arrancou pela esquerda e bateu cruzado, Pedro Raul completou para o gol!

Após o gol, a Cabofriense saiu mais para o jogo e teve chances, mas o Botafogo era mais perigoso. Quase ampliou aos 15, com cabeçada de Luiz Fernando que passou perto. Aos 39, veio o segundo gol! Cícero arriscou de fora da área e marcou.

O jogo ficou arrastado, com problemas físicas previsíveis nos atletas, devido ao tempo de inatividade. No segundo tempo, a Cabofriense voltou em cima e diminuiu com Emerson Carioca, aos 5. Mal deu tempo para comemorar, pois Pedro Raul fez 3 a 1 aos 9, mas Diego Sales descontou em pênalti duvidoso aos 15.

A partir daí só deu Botafogo, que fez bonitos gols com Bruno Nazário, Luis Henrique e Caio Alexandre, fechando a goleada em 6 a 2!