Exames confirmam lesão, e Diego para por até seis semanas

O Flamengo ganhou um problema para a sequência da temporada. O meia Diego, que saiu contundido durante o duelo contra o Atlético-PR, teve lesão no ligamento cruzado medial e também no menisco medial confirmada, e desfalcará o Rubro-Negro por um período de quatro a seis semanas.

De acordo com informe oficial do clube, o atleta passará por cirurgia no próximo sábado, no hospital Vitória, no Rio de Janeiro. O médico do Fla, Márcio Tennure, concedeu coletiva para explicar a situação de Diego.

“Ele vai operar sábado, deve receber alta no domingo. Já na próxima semana começa a fisioterapia. O Flamengo tem uma ótima estrutura, os melhores profissionais. Tenho muita confiança na preparação física”, enfatizou o doutor, que também confirmou que a lesão ocorreu em choque no duelo contra os paranaenses, em lance que tirou Diego da partida.

Diego não deve defender o Fla no restante da fase de grupos da Libertadores (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
 

“Todo atleta em boa fase se sente frustrado com estas lesões, mas ele sabe que estas coisas podem acontecer a qualquer jogador”, finalizou Tennure, citando a tristeza do meia ao saber do afastamento por mais de um mês.

Se a recuperação do camisa 35 acontecer no prazo estimado, a tendência é de que Diego retorne no fim de maio. Sendo assim, ele está fora das fases finais do Campeonato Carioca, e deve perder também as primeiras rodadas do Brasileiro.

Na Copa Libertadores, o técnico Zé Ricardo não deve contar mais com o meia na fase de grupos, que se encerra em 17 de maio para o clube. O Flamengo tem mais três jogos a fazer, na luta para garantir vaga nas oitavas de final.

 

GAZETA ESPORTIVA

-

Catolé e Região

8º JOGO DAS ESTRELAS movimenta o Parque das Mangueiras neste domingo; Novinho dos Teclados, Célio Lima e Jamerson Ferreira anima[...]

Policial

Polícia prende suspeitos de tráfico de drogas na região metropolitana da Capital
© 2017. Catolé News. Todos os direitos reservados