Sob os olhares de Tite, brasileiros marcam e Shakhtar vence o Manchester City

O jogo entre Shakhtar Donetsk e Manchester City teve tantos brasileiros em campo que até o técnico Tite, da Seleção Brasileira, precisou comparecer ao estádio Metalist, na Ucrânia, para acompanhar a última partida da fase de grupos da Liga dos Campeões. Em campo, o clube inglês não apresentou um bom futebol e viu o Shakhtar dominar a partida vencendo pelo placar de 2 a 1.

Em duelo repleto de brasileiros, foram os jogadores sul-americanos que garantiam a classificação do clube ucraniano às oitavas de final. O Shakhtar abriu o placar com Bernard, após o meia brasileiro acertar um chute magnífico de perna direita. Ainda no primeiro tempo, Marlos, ex-São Paulo, deu lindo lançamento para o lateral brasileiro Ismaily, que viu Ederson falhar e completou para o fundo das redes. Nos acréscimos do segundo tempo, Aguero diminuiu para o City, em cobrança de pênalti.

Nada menos que oito jogadores brasileiros começaram a partida como titulares. Pelo lado do Shakhtar, conhecido há tempos como “colônia” brasileira na Europa, Bernard, Fred, Ismaily e Taison estiveram em campo. Já o técnico Pep Guardiola escalou os “brazucas” Ederson, Danilo, Fernandinho e Gabriel Jesus.

Mesmo com a derrota, o Manchester City garantiu a liderança do Grupo F da Liga dos Campeões, com 15 pontos. A partida desta quarta também marcou o fim da sequência de 20 jogos dos citizens sem derrota, e a de Gabriel Jesus, que não perdia uma partida oficial desde 2016, quando ainda vestia a camisa do Palmeiras.

O Shakhtar, por sua vez, também avança às oitavas de final por terminar na segunda colocação, com 12 pontos. Considerado um dos favoritos do grupo, o Napoli ficou pelo caminho. Agora, as equipes esperam sorteio para conhecer seus adversários nas oitavas de final.