Catolé News

Giro de Notícias

20 de Abril de 2017 Humberto Vital - 57 pessoas já leram.


Cruzeiro cai para o São Paulo, perde invencibilidade no ano, mas passa na Copa do Brasil

Com doses cavalares de emoção, em um jogo dinâmico, corrido e repleto de alternativas no Mineirão, o Cruzeiro garantiu a vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil. O São Paulo venceu por 2 a 1, gols de Lucas Pratto e Gilberto, contra um de Thiago Neves, na noite desta quarta-feira, mas foi a Raposa quem confirmou a classificação. Na primeira partida, semana passada, no Morumbi, vitória azul por 2 a 0. O São Paulo foi um time valente e lutou até o último segundo de jogo, mas prevaleceu a inteligência tática do Cruzeiro, fundamental para seguir adiante na competição. O adversário nas oitavas de final será definido em um sorteio nesta quinta-feira. O público presente foi de 36.193, com 32.353 pagantes, que proporcionaram renda de R$ 1.105.337,00.

 

Os dois times voltam a jogar domingo pelas semifinais de seus respectivos campeonatos estaduais. Pelo Mineiro, o Cruzeiro recebe o América-MG, às 18h (de Brasília), no Mineirão. O São Paulo entra em campo pelo Paulista mais cedo, às 16h, quando enfrenta o Corinthians, na Arena Corinthians.

 

Cruzeiro cai para o São Paulo, perde invencibilidade no ano, mas passa na Copa do Brasil  

 

O jogo

 

O São Paulo começou tomando a iniciativa do jogo. Com mais posse de bola, invertia as jogadas entre os dois lados do campo e conseguia envolver o Cruzeiro, que, passivo, parecia acomodado com a vantagem construída no primeiro jogo. O São Paulo já havia perdido uma boa chance, com Cueva aos 10 minutos, quando, quatro minutos depois, Lucas Pratto abriu o placar, de cabeça, após belo cruzamento de Morato. O gol mudou pouco o panorama da partida, que continuou sendo dominada pelos paulistas. O Cruzeiro só conseguiu equilibrar as ações, depois dos 35 minutos, quando teve duas boas chances de marcar, uma com Thiago Neves e outra com Arrascaeta. O placar, no entanto, continuou o mesmo até o fim da primeira etapa.

 

Lucas Pratto comemora gol na vitória sobre o Cruzeiro, que acabou se classificando no final (Foto: Agência Estado) 

 

O segundo tempo foi equilibrado. E muito nervoso. A diferença básica foi a postura do Cruzeiro nos momentos iniciais. O time entrou ligado, como a partida exigia. O empate, entretanto, surgiu numa falha do sistema defensivo sãopaulino, que lembrou o gol do título cruzeirense, marcado por Geovanni, na Copa do Brasil de 2000. Rodrigo Caio derrubou Arrascaeta na entrada área. Thiago Neves bateu, a bola desviou na barreira e enganou Renan Ribeiro. Aos 14 minutos, o placar estava igual no Mineirão. O São Paulo não se deu por vencido e lutou até conseguir o segundo gol. Aos 33 minutos, Gilberto recebeu na área, ajeitou o corpo e bateu para colocar o Tricolor na frente. O placar de 2 a 1 foi insuficiente para o São Paulo, já que os 2 a 0 para o Cruzeiro, na ida, fizeram um agregado de 3 a 2 para o time mineiro, que segue vivo na briga pelo penta da Copa do Brasil.

Thiago Neves comemora gol com a camisa do Cruzeiro, que valeu a vaga para a próxima fase (Foto: Agência Estado) 

Globoesporte.com



-

Outras Notícias

Giro da Notícia

Catolé News - O portal que dá notícias da nossa gente!
Rua José Bonifácio, 34 1º Andar Bairro do Batalhão - Catolé do Rocha Paraíba
Telefone: (83) 8851.1734 - 9642.0101
E-mail: catolenews@gmail.com