Servidores dos Correios não entram em greve, mas marcam nova assembleia

Membros do Sindicato dos Trabalhadores da Empresa de Correios e Telégrafos na Paraíba (Sintect-PB), em assembleia ocorrida na noite desta terça-feira (7), na sede do sindicato, em João Pessoa, decidiram, a partir de orientação do movimento nacional da categoria, não entrar em greve. Os servidores, no entanto, marcaram uma nova reunião para o dia 14, quando definirão os rumos da mobilização.

Nesta terça, a categoria recebeu uma proposta do Tribunal Superior do Trabalho que inclui reposição salarial pela inflação no período (com perdas de 3,68%). De acordo com o servidor Evandro Tavares, da Secretaria Geral do Sintect-PB, além da campanha por reajustes dos salários, também há um movimento contrário à privatização dos Correios.

Uma nota divulgada pelo sindicato ressalta que os servidores buscam “reajuste salarial digno e compatível com os lucros da empresa”. Sobre a privatização, a categoria teme o fechamento de agências, demissão de servidores concursados e contratações de mão de obra terceirizada.

-

Policial

Homem é executado a tiros no meio da rua e ao lado de amigos em João Pessoa

Policial

Policial Militar é morto em assalto a ônibus dos Universitários de Caraúbas (RN)
© 2018. Catolé News. Todos os direitos reservados