Oncologista alerta para o perigo dos agrotóxicos e orienta o consumo de alimentos orgânicos

Utilizados há décadas para proteger as lavouras das pragas, os agrotóxicos também podem causar danos aos seres humanos e, por isso, muitos são banidos em diversos países. A orientação é o consumo de alimentos orgânicos, que são livres dessas substâncias e, portanto, melhores para a saúde. Além disso, contribuem para o equilíbrio ambiental, proteção dos ecossistemas, manutenção do solo e redução da poluição.

A oncologista Juliana Góes, médica cooperada da Unimed João Pessoa, alerta para os perigos que os agrotóxicos podem trazer à saúde e incentiva a população a aderir ao saudável. “Os consumidores podem optar pelos alimentos orgânicos. Já os trabalhadores do setor devem utilizar dispositivos de proteção individual adequados”, orienta.

Segundo a oncologista, os agrotóxicos causam problemas agudos, como irritações de pele, mucosas, trato respiratório e intoxicações que, inclusive, podem ser fatais. “Podem também causar doenças crônicas neurológicas, respiratórias, endócrinas, assim como infertilidade”, esclarece.

Alerta – Dados da Organização Internacional do Trabalho (OIT) apontam que os agrotóxicos causam mais de 70 mil mortes por intoxicações por ano e sete milhões de casos de doenças agudas e crônicas não fatais. Em publicação feita em agosto deste ano, o Instituto Nacional do Câncer (INCA) informa que, desde 2008, o Brasil é o país com maior consumo destes produtos, com um agravante: permite o uso de agrotóxicos já banidos em outros locais.

Juliana Goes ressalta que existem diversos estudos que demonstram a relação entre exposição a essas substâncias e o desenvolvimento de tumores hematológicos, de próstata, fígado e outros. “Os principais afetados são os agricultores e profissionais que trabalham na cadeia de produção, mas toda a população está suscetível, devido à ingestão de comida ou água contaminados”, ressalta.

Alternativa – Existem diversos defensivos agrícolas naturais, que incorporam técnicas e saberes populares. O conceito básico é a incorporação de princípios ecológicos para uma agricultura sustentável. A oncologista sugere o uso de alternativas não-químicas e produção de alimentos orgânicos. “A população pode preferir, sempre que possível, consumir alimentos livres de agrotóxicos”, orienta.

-

Policial

Homem é preso pela Polícia Civil na tarde desta quarta-feira (27) no momento em que vendia carro roubado

Policial

Mulher morre atropelada por caminhonete ao tentar atravessar rodovia na BR-230, na tarde desta quarta
© 2021. Catolé News. Todos os direitos reservados