Justiça decreta prisão preventiva de suspeito de matar mulher em Cajazeiras na noite de sábado dia 08

A Justiça decretou a prisão preventiva de SEBASTIÃO APRÍGIO DE SOUSA NETO suspeito de matar sua companheira GEYZER PINTO DE SOUSA com golpes de faca dentro da residência do casal na Rua Higino Tavares no centro de Cajazeiras.

GEYZER PINTO DE SOUSA, de 26 anos, foi esfaqueada no pescoço e em outras partes do corpo, depois de uma discussão com o companheiro APRÍGIO DE SOUSA NETO, de 26 anos, na noite de sábado (08). Depois de matar a mulher, segundo a Polícia Civil, o suspeito usou a mesma faca contra si, foi preso em flagrante, mas foi levado para atendimento médico por conta dos ferimentos.

De acordo com o delegado Ilamilto Simplício , o investigado ao chegar no HRC foi constatado que as lesões eram superficiais sendo liberado pelos médicos e preso pela PM.

Na manhã deste domingo o investigado foi levado ao Presídio onde passou por uma ausência de custódia e teve a prisão preventiva decretada pela justiça.

 

Ângelo Lima

-

CNEWS TV

Popular agride companheira depois de uma tentativa frustrada de reatar relacionamento

CNEWS TV

Homem morre após colisão frontal entre carro e caminhão na BR-230, ena manhã desta terça (25)
© 2022. Catolé News. Todos os direitos reservados