PC e PM prendem suspeitos de atentado contra vida de neto e avô em Patos (PB)

Uma parceria entre Polícia Civil e Polícia Militar de Patos culminou com a prisão na manhã desta sexta-feira (12), em cumprimento a mandados de prisão, dos indivíduos Orlando Gomes dos Santos (Juninho Pezão) com 20 anos de idade, e Vítor Manoel dos Santos Medeiros, de 19 anos, suspeitos de serem executores do atentado contra a vida de Francinaldo Pereira Crispim (o Pozinho), fato ocorrido em 25/06/2019, nas proximidades do conjunto dos sapateiros, e seu avô identificado como sendo Manoel Davi Diniz, conhecido por seu Nezinho, de 67 anos.

Segundo as investigações da delegacia de homicídios, Vítor teria sido o executor dos disparos contra a vítima Pozinho e que também acabaram por atingir o avô da vítima, Manoel Davi. O outro suspeito, também preso, dava suporte à ação criminosa, acompanhando a certa distância a execução do crime.

Pozinho foi atingido com um tiro na face e o avô Nezinho, no tórax, vindo a atingir o pulmão.

Durante o cumprimento dos mandados, o suspeito Juninho de Pezão tentou fugir, pulando o muro de sua residência, e correndo por cima do telhado de residências vizinhas, mas desistiu ao ver que estava cercado.

Ambos foram conduzidos à delegacia e após serem interrogados, foram encaminhados ao presídio Romero Nóbrega.

Assessoria PC | Patos (PB)

-

Política

Jair Bolsonaro suspende indicação de Eduardo para embaixada dos EUA

Política

STF encerra 1º dia de julgamento sobre prisão em segunda instância
© 2019. Catolé News. Todos os direitos reservados