Polícia Civil descobre participação de presidiários em assalto a loja na Paraíba

Dois presidiários que estão recolhidos no Presidio do Serrotão, em Campina Grande, receberam novas ordens de prisão após investigações da Polícia Civil da Paraíba.

Eles foram apontados pelas investigações como autores de um assalto ocorrido em janeiro deste ano, a uma loja de celulares, situada na cidade de Barra de Santa Rosa, no interior da Paraíba.

Os dois tiveram a prisão decretada pela justiça e foram localizados pela equipe da Delegacia da mesma cidade onde ocorreu o crime.

O assalto ocorreu no dia 3 de janeiro deste ano. Segundo a Polícia Civil, a dupla chegou ao local, com armas em punho e roubou diversos aparelhos de celulares. Depois, fugiu a bordo de um veículo, causando prejuízo de R$ 20 mil.

O veículo utilizado no assalto foi apreendido, dias depois, por policiais rodoviários federais na cidade de Campina Grande, após descobrirem que o carro possuía registro de roubo.

Os policiais descobriram que a dupla se encontrava presa no Serrotão, em virtude de outros crimes. Com a decretação de novas ordens de prisão, os dois suspeitos terão maior dificuldade de obter direito a receber livramento condicional.

-

Brasil

Covid-19: Brasil tem 140 mil mortes e 4,68 milhões de casos acumulados

Política

MPE reforça entendimento contrário à realização de carreatas, passeatas e comícios na Paraíba
© 2020. Catolé News. Todos os direitos reservados