Endividamento das famílias brasileiras bate recorde e compromete o crescimento da economia nos próximos meses

Pressionados pelo alto custo de vida e pelas dívidas do passado, os brasileiros têm cada vez menos renda disponível para consumir – o que compromete o crescimento. “O endividamento das famílias brasileiras bateu recorde, com o valor total das dívidas chegando a 59,9% da renda média anual, segundo dados mais recentes do Banco Central. O resultado de junho é o maior patamar desde o início da série histórica do BC, em 2005”, informa reportagem do Jornal 'O Globo".

“Com a inflação em alta e a perspectiva de um aperto maior de juros, analistas alertam que o orçamento comprimido das famílias com dívidas será um limitador adicional ao crescimento da economia nos próximos meses”, apontam. “Mesmo sem considerar os financiamentos imobiliários — um crédito mais “saudável” por ser de longo prazo e representar um investimento das famílias — o endividamento é recorde: 37%. Até julho do ano passado, este patamar nunca tinha superado 30%.”

Brasil 247

-

Policial

Homem é preso pela Polícia Civil na tarde desta quarta-feira (27) no momento em que vendia carro roubado

Policial

Mulher morre atropelada por caminhonete ao tentar atravessar rodovia na BR-230, na tarde desta quarta
© 2021. Catolé News. Todos os direitos reservados