Efraim Filho rejeita CPMF e diz que novo imposto natimorto no Congresso

Em entrevista ao Bom dia Brasil (TV Globo), na manhã desta quarta-feira (11 de setembro) o deputado Efraim Filho (DEM/PB) se posicionou contra a proposta de um novo imposto.

De acordo com ele a ideia não vai prosperar no Congresso e que a nova CPMF é um assunto natimorto.

“A Câmara dos Deputados reagiu ao novo imposto, apresentado como Contribuição sobre pagamento (CP), tão logo foi anunciado durante o Fórum Nacional Tributário, realizado em Brasília. Ao detalhar a proposta Efraim filho disse que a alíquota seria a mesma em operações de débito e crédito, mas nesse caso a cobrança se daria em duas partes – 0,2% sobre quem está fazendo o pagamento e 0,2% sobre quem está recebendo”.

Explicou Efraim ao reafirmar que o projeto não passará no plenário da Câmara.

-

Política

Secretários pedem a Bolsonaro que Segurança Pública saia da pasta de Moro

Política

João Azevêdo lança programa de habitação popular e anuncia investimentos de R$ 15 milhões
© 2020. Catolé News. Todos os direitos reservados