Efraim Filho dá sinais de distanciamento de Temer: 'A cada dia fica mais difícil'

O líder do Democratas na Câmara Federal, Efraim Filho, deu sinais de distanciamento de seu partido com o PMDB, do presidente Michel Temer. De acordo com o paraibano, a base do peemedebista já esteve mais coesa e vislumbrou dificuldades para manter apoio a um governo que não prioriza as agendas mais urgentes do Brasil.

“Nós já conciliamos os assuntos para o bem do Brasil, mas a cada dia fica mais difícil sustentar as ideias de um governo que, muitas vezes, tomam decisões que não colocam como prioridade a agenda importante para o país”, analisou.

Os democratas acusam o Planalto de adiar as agendas econômicas do país para barrar a denúncia contra ele em tramitação na Câmara Federal.

Ontem, o relator da denúncia na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), Bonifácio de Andrada (PSDB-MG), apresentou parecer pela rejeição da denúncia contra o presidente Michel Temer.

-

Catolé e Região

Aposentado é morto a tiros na noite desta terça (17) na zona rural de Bom Sucesso

Catolé e Região

Bandidos em dupla toma moto de assalto na estrada que liga Catolé do Rocha a João Dias (RN)
© 2018. Catolé News. Todos os direitos reservados