Bolsonaro avalia ampliar locais específicos para envasamento de botijões

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou pelas redes sociais nesta sexta-feira (10/1), que avalia a possibilidade de ampliar locais especializados para o envasamento de botijões de gás de cozinha. Segundo o chefe do Executivo, a medida estimularia competição de mercado e queda do preço do produto.

“O preço do gás - Como alternativa determinei estudar (urgente) a possibilidade criar locais especializados para se encher botijões de gás.

- No Brasil existem poucas engarrafadoras. Tem estado que não tem uma sequer. O botijão "anda" centenas de quilômetros para ser enchido e, depois, mais uma centena até o consumidor.

- Com dezenas de centrais nos estados e mais empresas, essa verdadeira viagem do botijão deixaria de existir, teríamos mais competição e o preço cairia.

- Nessa guerra o inimigo a ser derrotado serão os burocratas (sem dificuldade da minha parte), e os "especialistas", que se dividem em 2 grandes grupos: os idiotas úteis que gostam de aparecer nas TVs e os lobistas (graneiros)”, escreveu Bolsonaro.

Em dezembro, a Petrobras aumentou o preço do gás de cozinha em 5%. No Distrito Federal, o preço do GLP passou de R$ 73 para R$ 77, em média.

Correio Braziliense

-

Brasil

Cantor Genival Lacerda recebe alta de hospital em Recife após sofrer AVC

Catolé e Região

Polícia Militar localiza veículo roubado horas após o crime na zona rural de Belém do Brejo do Cruz
© 2020. Catolé News. Todos os direitos reservados