Três homens morreram em um tiroteio com policiais militares poucos minutos após um assalto à sede da Prefeitura de Curral Velho, durante o pagamento dos salários dos servidores municipais, ocorrido na manhã desta terça-feira (26). De acordo com informações, cerca de sete homens tentaram assaltar o dinheiro do pagamento da folha da Prefeitura local mas foram surpreendidos por policiais da Tropa de Choque da Polícia Militar. Na troca de tiros, três bandidos foram mortos e um foi ferido.
 
Capitão Campos, comandante da Tropa de Choque do 3º BPM/Patos
 
A equipe da Tropa de Choque do 3º Batalhão, comandada pelo capitão Campos, estava no município no momento em que ocorreu a tentativa de assalto. A Polícia ainda não divulgou a identidade dos assaltantes mortos.
 A abordagem aconteceu por volta das 8h. A polícia foi chamada e rapidamente conseguiu interceptar o grupo, que reagiu e iniciou a troca de tiros. Segundo a 6ª Delegacia Regional de Polícia Civil, ainda não é possível precisar quantos homens conseguiram fugir, mas estima-se que três ou quatro pessoas tenham se escondido pelas matas que cercam a cidade de Curral Velho.
Com os bandidos foram apreendidos diveras armas de grosso calibre
 
Como as rotas de fuga são de difícil acesso, policiais civis e militares ainda estão em diligências à procura dos assaltantes. Há informações de que um dos bandidos que foi baleado estaria perto de ser alcançado por conta da gravidade dos ferimentos. Parte do dinheiro roubado teria sido recuperado porque estaria com os homens que morreram no tiroteio.
Clique na imagem para ampliar
 
Os corpos dos mortos ainda estão no necrotério do Hospital Distrital 'Dr. José Gomes da Silva', de Itaporanga. De acordo com o soldado Paraguaçu, a quadrilha chegou em dois carros um Clio tomado por assalto em João Pessoa, e uma caminhonete L 200. “Os carros foram abandonados e parte da quadrilha se embrenhou no mato. Em nova troca de tiros com a PM, provocou ferimentos em outro bandido que mesmo assim continuou a fuga". Ainda, segundo o soldado, não houve nenhuma baixa na força policial que é composto por cerca de 20 homens do Batalhão de Choques de Patos e da PM-2.
 As marcas de tiros podem ser vista nas paredes da prefeitura, do lado externo e interno, além de muitos móveis terem sido revirados no setor onde acontecia o pagamento.
 
Um rastro de sangue ficou por toda a rua onde está localizada a sede da prefeitura, o que dá pra fazer uma idéia de como foi o tiroteio. Os policiais continuam em diligência para tentar prender os bandidos que conseguiram fugir.
 
Fonte e Fotos: Blog de Ricardo Pereira