Instituto Béradêro lança campanha para projetos educacionais e socioculturais em Catolé do Rocha

O Instituto Casa do Béradêro, sediado no município de Catolé do Rocha, no Sertão da Paraíba, está realizando a campanha “Amigo do Béradêro’, em prol da organização, voltada para a arrecadação de recursos que vão ajudar na manutenção e sustentabilidade da entidade. O instituto tem contribuído para mudar a vida de jovens através de seus projetos educacionais e socioculturais.

A Casa do Béradêro oferta serviços gratuitos, mas para que eles continuem a instituição precisa de ajuda. Uma forma de conseguir recursos é através das campanhas de doações.

O Béradêro, assim como toda entidade sem fins lucrativos, tem, além dos custos que ocorrem naturalmente na manutenção mínima de suas dependências, as necessidades que surgem através deste trabalho social. Por isso, é sempre urgente o pedido por doações mensais ou pontuais.

Como é o trabalho

A Casa do Béradêro foi fundada em 2001 pelo cantor catoleense Chico César e pela professora Irmã Iraci. Desde então, já ofertou ações de ensino profissionais, sociais e culturais, das mais variadas formas, atendendo a crianças, adolescentes e jovens adultos. Ao todo, mais de duas mil pessoas foram atendidas direta ou indiretamente.

A partir do trabalho de formação recebido através do Instituto, elas tiveram uma mudança na perspectiva profissional e cidadã, tornando-se profissionais aptos a atuar pelo Brasil.

O Instituto também conta com a Orquestra de Câmara Gente que Encanta, formada exclusivamente por alunos vinculados à ONG, que realizam anualmente shows em diversos locais espalhados pela Paraíba. O trabalho sério do Béradêro também foi pioneiro no estado em oferecer o curso gratuito de luthieria, que é o conserto e fabricação de instrumentos musicais.

Apoios

No último dia 11 de abril, o Béradêro organizou um grande espetáculo de música em Catolé do Rocha. Em parceria com o Colégio Francisca Mendes, o show realizado no ginásio comemorou também os 85 anos da instituição de ensino, e contou com a presença de Chico César, Escurinho, da banda O Pantim e da Orquestra Gente que Encanta.

Parte dos recursos adquiridos com a venda dos ingressos foi destinada para a manutenção do Béradêro, porém a necessidade do dia a dia está longe de ser alcançada. Por isso, o reforço na campanha Amigo do Béradêro.

Qualquer pessoa pode doar. A ong sugere um valor mínimo mensal de R$ 30, mas quem não puder, pode doar qualquer quantia.

Saiba como ajudar

Cartão de crédito – link para doação – doa.re/casadoberadero – Para que a doação seja mensal, é necessário clicar em continuar doando mensalmente

PIX – 04422826000108 (CNPJ Casa do Béradêro) – Você pode autorizar o aplicativo do seu banco para que ele faça mensalmente a doação do valor escolhido.

Clientes Banco do Brasil – Enviar os seguintes dados para o e-mail [email protected] Casa do Béradêro o valor desejado e os seguintes dados: nome, CPF, agência, conta, data do débito, valor a ser debitado.

Quem doar e quiser acompanhar como sua ajuda está sendo revertida em trabalho social pode acessar as redes sociais da ong no Instagram e no Facebook.

Por Lucilene Meireles

-

CNEWS TV

Acidentes em Pedras de Fogo deixam duas pessoas mortas e uma ferida, na Paraíba

CNEWS TV

Poste cai em cima do teto de ônibus na principal do Bancários, em João Pessoa
© 2024. Catolé News. Todos os direitos reservados