Governador entrega novos equipamentos de Saúde e inspeciona obras e construção do Cidade Madura

O governador João Azevêdo esteve, nesta sexta-feira (31), em Catolé do Rocha, no Sertão da Paraíba, ocasião em que visitou as obras de construção de 40 casas do condomínio Cidade Madura e de reforma e ampliação da Escola Cidadã Integral (ECI) João Suassuna. Ele ainda visitou o Hospital Regional Dr. Américo Maia de Vasconcelos, que foi contemplado com uma torre de vídeo, possibilitando a realização de cirurgias por videolaparoscopia. As ações representam investimentos de R$ 17,3 milhões.

O chefe do Executivo estadual iniciou a agenda no município com a visita técnica ao condomínio Cidade Madura, que tem um área total de aproximadamente 14.000 metros quadrados, contemplando 40 unidades habitacionais com área individual de 49,40 m², sendo compostas por terraço, sala, banheiro, cozinha e área de serviço, representando investimentos de R$ 11,1 milhões. As residências estão sendo implantadas de forma geminada em oito blocos térreos com cinco casas. Todas as unidades habitacionais estão sendo adaptadas para as necessidades do idoso.

Na ocasião, ele destacou o volume de investimentos do Governo da Paraíba em Catolé do Rocha e a ampliação do programa Cidade Madura. “Nós investimos aproximadamente R$ 200 milhões no município e teremos mais um montante de R$ 135 milhões de uma adutora que está em licitação e beneficiará a microrregião 89, atingindo R$ 335 milhões de investimentos. O condomínio Cidade Madura está inserido nas ações que realizamos na cidade, que irá atender pessoas da terceira idade, oferecendo qualidade de vida, proteção e dignidade”, frisou.

O Condomínio contará com toda a infraestrutura básica com rede elétrica, rede de abastecimento de água, além de núcleos de vivência e assistência à saúde, guarita, praça com bancos, redários, equipamentos de ginástica e horta integrada à parte urbanística.

Em seguida, o governador João Azevêdo inspecionou a reforma e ampliação da ECI João Suassuna, cujas obras representam investimentos de R$ 4,6 milhões. A reforma contempla 10 salas de aula, biblioteca, salas de Informática e de professores, coordenação, diretoria, banheiros e ginásio. Já a ampliação abrange, dentre outros ambientes, guarita, cozinha com refeitório, laboratórios, almoxarifado e depósitos.

“Nós temos feito grandes investimentos na Educação, melhorando a infraestrutura física e a atividade pedagógica e já estamos colhendo os resultados positivos, a exemplo dos avanços na alfabetização. As obras da Escola João Suassuna já estão em ritmo avançado e garantirão aos nossos professores e alunos um espaço adequado e confortável para a aprendizagem”, acrescentou João Azevêdo.