Polícia Militar prende homem por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo, em Patos

No final da manhã desta segunda-feira (02), policiais militares da Rádio Patrulha do 3º BPM prenderam um homem de 23 anos por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. A ação se deu no bairro das Sete Casas, em Patos.

Uma guarnição fazia rondas de rotina nas proximidades quando avistaram o suspeito, acompanhado de duas pessoas não identificadas. O acusado, já conhecido no meio policial, demonstrou nervosismo ao avistar a viatura, fazendo com que ele empreendesse fuga, sacando uma arma de fogo e jogando a mesma na rua. Os policiais iniciaram a perseguição contra o suspeito, enquanto um dos militares ficou encarregado de pegar a arma na rua. O acusado tentou fugir, mas foi capturado ainda no mesmo bairro, numa residência onde ele adentrou.

Após a captura, foi realizada uma busca pessoal no suspeito, resultando na apreensão de uma certa quantidade de uma substância semelhante à maconha que estava em seu bolso. Na residência que ele adentrou, foi feita uma minuciosa varredura pelos policiais, ocasionando na apreensão de 2 pacotes e 11 invólucros de substância análoga a cocaína, 4 pacotes de uma substância análoga a crack, 2 pacotes de substância análoga a maconha, 3 balanças de precisão, oito mil e trezentos reais em dinheiro (R$ 8.300,00), além da arma de fogo modelo G2C da fabricante Taurus, contendo 24 munições.

O acusado e todo o material apreendido foi encaminhado à delegacia de polícia para os procedimentos cabíveis.

Essa ação rápida e eficaz da Polícia Militar, que resultou na prisão de um indivíduo armado e na apreensão de substância ilegal, reforça o compromisso inabalável das forças de segurança com a tranquilidade e a segurança da sociedade patoense. 

SEÇÃO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL E MARKETING INSTITUCIONAL DO 3º BPM

-

Política

Senador Efraim Filho comemora vitória de João Costa em Massaranduba, prefeito eleito do União Brasil

Brasil

PF já tem data para finalizar inquéritos do golpe, joias e vacina que envolvem Bolsonaro
© 2024. Catolé News. Todos os direitos reservados