Sob forte comoção, corpos das vítimas de acidente entre van e retroescavadeira são enterrados em Paulista

Os corpos das duas vítimas do acidente envolvendo uma van de estudantes que colidiu com um trator entre as cidades de São Bento e Paulista, no Sertão da Paraíba, foram enterrados nesta terça-feira (23), sob forte comoção de parentes e amigos. O velório das vítimas aconteceu em uma igreja na cidade de Paulista.

O acidente aconteceu na noite da última segunda-feira (22) e vitimou Yerik Silveira Mariz, de 11 anos, e Letícia Almeida, de 17 anos.

De acordo com informações confirmadas por equipes do Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba que participaram dos resgates, Yerik morreu ainda no local. Já Letícia chegou a ser socorrida em estado grave para o Hospital de Paulista, mas morreu pouco depois de dar entrada na unidade hospitalar.

No velório de Yerik Silveira, Valentin Farias, um amigo da família da criança, disse que foi um choque a morte inesperada do garoto, principalmente pelo fato de que ele estava na van para ir para escola estudar.

“Infelizmente a gente está passando por esse trágico acidente, porque na verdade a gente sabia que as crianças estavam estudando, além de tudo, porque o estudo traz o progresso”, lamentou.

O pai de Letícia Almeida, a outra vítima do acidente que aconteceu na PB-293, entre Paulista e São Bento, disse que a dor que estava sentindo pela perda da filha era “sem limites”.

“Nunca imaginei em passar por uma situação dessas, uma dor deste tamanho é sem limites. Ela era uma menina muito educada, obediente, uma joia rara”, lamentou o pai de Letícia, Fernando Freitas.

Após os velórios dos corpos das duas vítimas em locais separados, houve uma missa conjunta realizada em uma igreja em Paulista, e posteriormente os corpos foram enterrados. A praça da Igreja de São José, onde aconteceu o evento religioso, ficou tomada pelos moradores da cidade.

O acidente foi registrado no início da noite da segunda-feira (22), quando a van que transportava os estudantes bateu em uma retroescavadeira que estava parada no acostamento. O motorista do veículo maior informou que parou no local depois de problemas mecânicos minutos antes do acidente. Ele ainda tentava sinalizar a área quando houve a batida.

Todos os estudantes moravam em Paulista, mas estudavam em escolas particulares de São Bento. Eles retornavam da aula para a cidade onde moravam, num percurso de 25 km, quando aconteceu a colisão.

Além das vítimas fatais, outros quatro estudantes entre 13 e 17 anos foram transferidos para o Hospital de Paulista. Essas quatro pessoas seguem internadas, mas não se sabe a gravidade dos casos.

As demais pessoas feridas, incluindo aí o motorista, foram levadas para o Hospital de Pombal. São casos considerados menos graves, em que estavam conscientes e estáveis.

As escolas que os estudantes mortos frequentavam emitiram notas de pesar e de luto ainda na noite de segunda-feira (22).

G1PB

-

CNEWS TV

Acidentes em Pedras de Fogo deixam duas pessoas mortas e uma ferida, na Paraíba

CNEWS TV

Poste cai em cima do teto de ônibus na principal do Bancários, em João Pessoa
© 2024. Catolé News. Todos os direitos reservados