Polícia Federal deflagra operação que investiga servidor público municipal de Belém do Brejo do Cruz

Nesta terça-feira (14 de maio), a Polícia Federal deflagrou a Operação Signare, com o propósito de investigar possíveis crimes de falsidade ideológica e uso de documentos falsos no município de Belém do Brejo do Cruz, Sertão da Paraíba.

Durante as investigações, surgiram indícios de que um servidor público local estaria envolvido na adulteração de declarações de viabilidade técnica da Companhia de Água e Esgoto da Paraíba, além de falsificar assinaturas de funcionários desse órgão estadual. O suposto objetivo dessas ações seria obter a liberação de recursos da Caixa Econômica Federal para pavimentação de vias urbanas municipais.

Em resposta a essas suspeitas, a 8ª Vara Federal de Sousa/PB expediu um mandado de busca e apreensão, que foi cumprido na residência do servidor investigado, localizada em Belém do Brejo do Cruz.

A Operação Signare representa o esforço das autoridades em combater a prática de crimes que prejudicam a integridade dos sistemas públicos e a utilização adequada de recursos destinados ao desenvolvimento de comunidades. As investigações prosseguirão para esclarecer os fatos e garantir a responsabilização dos envolvidos.

As informações foram repassadas pela Assessoria de Comunicação da Polícia federal.

-

Esportes

São Paulo tropeça em casa, mas depende de si para ser líder de grupo na Libertadores

Esportes

Jeffinho brilha, Botafogo vence o Universitario e está nas oitavas de final
© 2024. Catolé News. Todos os direitos reservados