Operação da Polícia Civil termina em confronto e um morto e dois pesos em Areia Branca

A Policia Civil do Rio Grande do Norte; atráves do trabalho da equipe de sua 42ª Delegacia, com sede em Areia Branca e atuação em Porto do Mangue; deflagou uma operação denominada “Operação 1988” com objetivo de combater crimes cometidos por membros de uma organização criminosa que atuavam no Bairro Nordeste (apelidado de Iraque pelos marginais). Participaram da operação policiais da DEICOR – Divisão de Combate ao Crime Organizado e policiais da Operação Paz

Foram presos em flagrante delito dois homens; sendo que um deles tinha mandado de prisão pendente de cumprimento. Os dois foram presos com farta quantidade de drogas e portando arma de fogo. Um terceiro alvo da operação que atentou contra a vida da equeipe de policiais civis foi baleado, em seguida socorrido mas não resistiu e morreu após dar entrada no hospital local de Areia Branca.

Eram alvos da operação as pessoas de EVERTON MAYK DE LIMA SOUSA v. “MARCHA LENTA” que foi preso com uma quantidade de drogas do tipo maconha e cocaína e contra quem existia um mandado de prisão em aberto; VICTOR GABRIEL LOPES PEREIRA v. “VITOR LOUCO” preso por tráfico de drogas que na casa dele foi encontrado inúmeras pedras de Crack prontas para venda. Já JEFFERSON LOPES PEREIRA v. “JEFINHO” ou “TEFINHO” portava ilegalemente um revolver calibre .38 e reagiu a prisão, atirando contra os policiais civis, sendo alvejado e morto no confronto onde houve uma intensa troca de tiros.

O QUE VEM POR AÍ

Fim da Linha

-

Política

Senador Efraim Filho comemora vitória de João Costa em Massaranduba, prefeito eleito do União Brasil

Brasil

PF já tem data para finalizar inquéritos do golpe, joias e vacina que envolvem Bolsonaro
© 2024. Catolé News. Todos os direitos reservados