Júnior Santos decide de novo, Botafogo vence a LDU e respira na Libertadores

Um herói antigo e uma nova realidade para o Botafogo na Conmebol Libertadores. Com gol salvador de Júnior Santos (o nono dele na competição), o Glorioso venceu a LDU por 2 a 1 em jogo brigado no Nilton Santos e entrou na zona de classificação às oitavas de final. Depois do susto das duas derrotas iniciais, o time emendou a segunda vitória e agora vai decidir a vida fora do Rio de Janeiro. Hugo abriu o placar, e Estrada empatou ainda no primeiro tempo. O mesmo Estrada teve gol anulado após 10 minutos de análise do VAR quando o placar estava 0 a 0.

Primeiro tempo

Um primeiro tempo com protagonista absoluto no Nilton Santos: Dário Herrera. O árbitro argentino se enrolou na marcação de faltas, não conseguiu controlar um jogo com muitos embates físicos e abusou da demora na utilização do VAR. Se o Botafogo começou melhor com velocidade pelos lados e verticalidade nas costas da defesa, foi a LDU que abriu o placar com aquela que parecia ser sua única arma: alçar bolas na área. Estrada aproveitou bate e rebate após Arce cabecear na trave e empurrou para o gol de calcanhar. A arbitragem precisou de dez minutos para traçar as linhas e apontar impedimento do atacante equatoriano. Melhor para o Botafogo, que abriu o placar logo em seguida, com bonito gol de Hugo ao dominar e emendar de canhota após cruzamento de Luiz Henrique. A partida parecia controlada, Jeffinho perdeu chance na pequena área, mas a LDU voltou a chuveirar e surtir efeito. Após falta boba de Lucas Halter, Quiñonez cobrou no segundo pau, e Estrada marcou. Dessa vez, o VAR demorou três minutos e validou o gol de empate.

Segundo tempo

A volta do intervalo indicou um jogo de trocação franca com características distintas. Enquanto o Botafogo girava a bola em busca de espaços, a LDU apostava na ligação direta, mas os goleiros pouco trabalhavam. As ações pelo corredor esquerdo do Glorioso invariavelmente terminavam em cruzamentos na área que pouco levavam perigos, e Artur Jorge foi trocando peças em busca do ajuste fino. E ele veio na troca de passes entre Óscar Romero e Júnior Santos por dentro. O paraguaio descolou linda assistência para o artilheiro da Libertadores se desvencilhar da marcação e chutar no cantinho para garantir uma vitória que pouco esteve em risco apesar da tentativa de abafa dos equatorianos.

Olho na tabela

Com o resultado, o Botafogo pulou para a segunda colocação no Grupo D, com seis pontos, assim como o líder Junior Barranquilla. Os colombianos levam a melhor no saldo de gols: 2 a 0. O próximo compromisso do Glorioso está marcado para a semana que vem, dia 16, uma quinta-feira, contra o Universitario, às 23h (de Brasília), no Estádio Monumental de Lima.

GE / Fotos: CONMEBOL Libertadores

-

Esportes

São Paulo tropeça em casa, mas depende de si para ser líder de grupo na Libertadores

Esportes

Jeffinho brilha, Botafogo vence o Universitario e está nas oitavas de final
© 2024. Catolé News. Todos os direitos reservados