Especialistas alertam para índices alarmantes de mortes por ocupantes de motos em estradas do país

Os números de acidentes com vítimas fatais envolvendo ocupantes de motocicletas em estradas tem preocupado as autoridades de trânsito do país.

Nesta segunda-feira (5), durante entrevista ao programa Frente a Frente, da TV Arapuan, o Secretário Nacional de Trânsito, Adroaldo Catão, e o superintendente do Detran na Paraíba, Isaías Gualberto, chamaram a atenção para a atual realidade, principalmente nas pequenas cidades, onde a fiscalização é mais deficiente.

O superintendente Isaías Gualberto revelou que 80% dos atendimentos dos Hospitais de Trauma de João Pessoa e Campina Grande é de pessoas ocupantes de motocicletas. “Não é o total de acidentes, mas de pessoas atendidas nessas duas unidades, que também fazem outros tipos de atendimentos, e não apenas vítimas de trânsito”, disse.

Já o Secretário Nacional de Trânsito, Adroaldo Catão, também destacou os números e disse que o maior desafio na atualidade é fazer com que esses índices voltem a cair. Ele ressaltou que existe um aumento atrelado ao crescimento no uso de motocicletas, principalmente entre os jovens. “Ainda temos a cultura de transportar três, quatro pessoas numa motocicleta, na maioria das vezes sem capacete, principalmente nas cidades menores”, afirmou.

Ao comparar os números de João Pessoa e Campina Grande, Adroaldo Catão disse perceber que os índices de acidentes automobilísticos tendem a ser maiores na Rainha da Borborema. Questionado sobre o porquê dessa situação, Catão explicou que isso se deve ao rápido crescimento da cidade associado à sua posição geográfica frente a outros municípios da região.

Portal Paraíba / Foto: Reprodução / TV Arapuan

 

-

Política

Senador Efraim Filho comemora vitória de João Costa em Massaranduba, prefeito eleito do União Brasil

Brasil

PF já tem data para finalizar inquéritos do golpe, joias e vacina que envolvem Bolsonaro
© 2024. Catolé News. Todos os direitos reservados